MENU

21/09/2021 às 09h45min - Atualizada em 21/09/2021 às 09h45min

Por digital, ‘múmia’ encontrada em viaduto de Campo Grande é identificada

Polícia agora tenta encontrar a família da vítima

MIDIAMAX
Foto: Divulgação
Foi identificado como Sidney Manoel Pimenta de 50 anos, o cadáver mumificado encontrado dentro da estrutura do viaduto, na saída para Três Lagoas, em Campo Grande. A identidade foi confirmada através das digitais.

A vítima foi identificada anda nesta segunda-feira (20), através das digitais. Agora a polícia tenta encontrar a família de Sidney com procura por registros de boletins de ocorrência por desaparecimento.

No dia do achado do cadáver informações passadas era que, por conta do estado do corpo, não havia como precisar o tempo que ele está no local, chegando a possibilidade de estar há meses lá. 

O corpo estava em estado de ‘mumificação’. Como o local é quente e úmido, o cadáver acabou sendo preservado, o que deve dificultar determinar o dia da morte. O corpo estava vestido com um casaco. 

No dia do achado do cadáver, o delegado Antônio Ribas disse que não havia marcas de sangue no local onde o corpo foi encontrado o que poderia indicar um crime. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »