MENU

15/09/2021 às 07h14min - Atualizada em 15/09/2021 às 07h14min

Temer liga para Bolsonaro e tenta amenizar repercussão de vídeo em que ri de imitação

Temer disse que foi tudo uma brincadeira, e que o comunicador imitou muita gente, inclusive ele mesmo

CORREIO BRAZILIENSE
Foto: Divulgação
O ex-presidente Michel Temer ligou para o presidente Jair Bolsonaro para tentar dissipar qualquer ruído entre eles. Temer ficou preocupado com a repercussão de um vídeo em que o comunicador André Marinho imita Bolsonaro e todos os que o ouvem riem alto. O fato ocorreu durante um jantar oferecido pelo empresário Naji Nahas a políticos e jornalistas. O vídeo foi visto como um processo de tentativa de desqualificar o presidente.

Temer disse que foi tudo uma brincadeira, e que o comunicador imitou muita gente, inclusive ele próprio. Bolsonaro riu da situação e disse ao ex-presidente que estava acostumado com as imitações feitas por André Marinho. "Esse rapaz me imita sempre na Jovem Pan. Conheço ele", disse o chefe do Executivo. O comunicador é filho do empresário Paulo Marinho, que é suplente do senador Flávio Bolsonaro (Patriotas-RJ) e cedeu sua casa no Rio de Janeiro para a campanha de Bolsonaro. Agora, eles estão rompidos.

No telefonema, Temer disse que toda a negociação para a pacificação do país está mantida. O ex-presidente foi o autor da "Carta à nação" publicada por Bolsonaro dois dias depois do Sete de Setembro, quando atacou o Supremo Tribunal Federal e, em particular, o ministro Alexandre de Moraes, a ponto de dizer que não cumpriria mais as decisões dele. Moares é o responsável pelo inquérito das Fake News, que investiga o presidente, os filhos dele e aliados, por disseminação de notícias falsas e ataques à democracia.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »