MENU

24/08/2021 às 14h12min - Atualizada em 24/08/2021 às 14h12min

Acusado de matar e quase degolar homem é preso se escondendo em Campo Grande

Ele fugiu com ajuda de familiares

MIDIAMAX
Foto: Divulgação
Foi preso nesta terça-feira (24), homem de 29 anos acusado de participar do homicídio de Willian Alexandre Furniel Dionízio, de 26 anos, o ‘Gordinho’. Ele foi detido no Bairro Paulo Coelho Machado, em Campo Grande, e o comparsa de 21 anos foi preso em Três Lagoas, cidade a 323 quilômetros, onde o crime ocorreu no dia 9 desde mês.

Segundo as informações da Polícia Civil, Willian foi encontrado caído na rua, já sem vida e com ferimento grave no pescoço. Equipes do SIG (Setor de Investigações Gerais) identificaram que a vítima participava de um churrasco nas proximidades, onde se desentendeu com outros homens, entre eles o dono da casa, de 29 anos.

Durante a briga, Willian tentou fugir correndo e foi alcançado pelo suspeito e pelo rapaz de 21 anos. Ele foi atingido por golpes de faca no pescoço e quase degolado. Após o crime, familiares do autor ajudaram ele a fugir para Campo Grande, onde acabou preso nesta terça-feira pelo GOI (Grupo de Operações e Investigações).

Já o comparsa foi detido pelo SIG na tarde de segunda-feira (23), em Três Lagoas, no Jardim das Acácias. A dupla teve prisão temporária decretada e foi encaminhada ao presídio. Ainda conforme a polícia, o desentendimento entre autores e vítima teria ocorrido por causa de drogas.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »