MENU

24/08/2021 às 14h00min - Atualizada em 24/08/2021 às 14h00min

Governo do Estado vai investir R$ 2,6 milhões na construção da base da Polícia Militar Rodoviária em Ipezal

MS.GOV.BR
Foto: Divulgação
O Governo do Estado autorizou a instalação de uma base operacional da Polícia Militar Rodoviária na MS-145 entre o distrito de Ipezal, em Angélica, e o distrito da Pana, em Nova Alvorada do Sul. O anúncio foi feito pelo secretário de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), Antonio Carlos Videira.

O valor estimado para construção da nova base é de R$ 2,6 milhões, o que vai proporcionar o aumento da capacidade tático-operacional no combate a prática criminosa na região. A previsão é que as obras sejam iniciadas nos próximos meses.

De acordo com o secretário de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul, Antonio Carlos Videira, esta é a terceira base nestes moldes em Mato Grosso do Sul. A primeira unidade, construída no Estado, foi em Chapadão do Sul. O Governo, agora, assegurou mais duas bases para o interior, sendo uma no distrito de Ipezal, na MS-145, e outra na cidade de Maracaju, na rodovia que vai até Sidrolândia.

“Essa base será um novo e moderno projeto que tem a cobertura sobre a pista. Vamos ampliar a segurança pública em regiões produtoras, medida que o Governo do Estado definiu como estratégia. Temos nesta localidade usinas sucroalcooleiras, a forte presença da produção de grãos, de cana-de-açúcar, e é também uma rota importante para levar o progresso e bastante utilizada pelo crime organizado”, esclarece o secretário.

De acordo com Videira, a construção da base no local, ainda vai proporcionar à população da região segurança pública de qualidade, servindo como instrumento para afunilar a fiscalização em um setor importante e coibindo não somente crimes transnacionais como contrabando, tráfico, descaminho, bem como crimes ambientais.

“A base servirá de apoio para a Polícia Militar Ambiental, fiscalizando toda a região que abrange os Rios Brilhante, Ivinhema e Vacaria. É um investimento que atende não somente a população de Ipezal, mas também aos moradores que utilizam a MS-145 para acesso a outras localidades”, completa o secretário.

Rota do crime

Conforme o comandante da Polícia Militar Rodoviária, coronel Wilmar Fernandes, por ser uma rodovia asfaltada, a MS-145 é muito utilizada por criminosos para o transporte de drogas, armas e contrabando da região de fronteira até São Paulo, via BR-267.

“A nova base de Ipezal será de extrema importância para o combate ao crime, já que há na MS-145 presença de pontos importantes de desvios que são utilizados por criminosos. Outro foco nosso é o pronto atendimento de ocorrências de acidentes de trânsito naquela região”, enfatiza.

A fiscalização da Polícia Militar Rodoviária irá abranger também as estradas vicinais que dão acesso à MS-145 e MS-141 e ainda, trechos das rodovias MS-274 e MS-276, fechando o cerco contra a criminalidade na região de Angélica e Nova Alvorada do Sul.

Reivindicação

A instalação do posto da Polícia Militar Rodoviária em Ipezal era uma das reivindicações do deputado estadual Barbosinha, que ressalta a importância do investimento para a segurança da população no combate à criminalidade, não somente quanto aos crimes de contrabando, descaminho, tráfico de drogas, roubos, furtos, como também para a segurança dos produtores rurais para inibir a prática do abigeato (furto de gado).

“Essa é uma via muito importante, uma rota de desenvolvimento do Mato Grosso do Sul, mas também muito utilizada pelo crime organizado. Pedimos esse reforço devido ao aumento do tráfego de veículos e também de cargas ilícitas como drogas e cigarros. Nesse trecho não há policiamento efetivo, permitindo a ação de atividades delituosas, considerando que a MS-145 faz a ligação entre as BR-376 e BR-267, duas importantes rodovias federais que dão acesso aos estados do Paraná e São Paulo”, explica o deputado.

Joelma Belchior, Sejusp

Foto: Divulgação

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »