MENU

08/07/2021 às 11h16min - Atualizada em 08/07/2021 às 11h16min

Idosa morre em incêndio e jovem e criança são salvos por policial militar

O fato aconteceu em Campo Grande MS, na noite de quarta-feira (07)

Da Redação/ G1 - MS.
Casa ficou totalmente destruída por incêndio — Foto: Polícia Civil/Divulgação
Uma idosa de 72 anos morreu durante incêndio na noite de quarta-feira (07), na casa dela, na Vila Morumbi, em Campo Grande. O filho dela e o neto foram salvos por um policial militar.

Segundo informações do boletim de ocorrência, a criança foi quem viu primeiro o fogo, na porta da cozinha, e gritou para a mãe, que estava no quarto.

A jovem mandou o filho ficar debaixo do chuveiro e passou a jogar água, junto com a idosa, para tentar apagar as chamas. No entanto, o fogo não baixou e a mulher foi também para o banheiro, chamou a mãe, mas ela insistiu em continuar a tentar conter o incêndio.

Um policial militar conseguiu retirar mãe e filho do banheiro, mas, como as chamas já estavam altas, não foi possível encontrar a idosa. O corpo dela só foi encontrado depois que o Corpo de Bombeiros controlaram o fogo.

Conforme relato da jovem, à polícia o fogo começou nas proximidades da porta da cozinha e a da sala era obstruída por um sofá. Ela disse ainda que a mãe tinha o hábito de acender velas para o filho, que morreu há cerca de dois meses.

O caso foi registrado na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) porque havia suspeita de violência doméstica, tendo em vista que a idosa já havia denunciado o ex-marido após ter sido ameaçada de morte por ele.

No entanto, a polícia já apurou que no momento do incêndio o homem estava em São Paulo, e que o incêndio teria ocorrido por causas acidentais.

No local foi encontrada uma arma de fogo, que seria do pai da jovem, ex-companheiro da idosa. A arma estava em meio a entulhos, juntados na casa.

O caso foi registrado como morte a esclarecer, posse irregular de arma de fogo e incêndio, e será investigado pela 4ª Delegacia de Polícia Civil.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »