MENU

21/05/2021 às 09h06min - Atualizada em 21/05/2021 às 09h06min

Morto em confronto com a PM, Robert tinha 25 passagens pela polícia em Campo Grande

Rapaz invadiu e furtou casa no Portal Caiobá e matou uma pessoa no Aero Rancho em março

MIDIAMAX
Foto: Divulgação
 

Robert Mateus Rodrigues Anastácio, de 19 anos, morto em um confronto com policiais do Batalhão de Choque nesta quarta-feira (19) no bairro Santo Amaro, em Campo Grande, teria envolvimento no assassinato de Leandro da Silva Cavalcanti, de 20 anos, morto a tiros na madrugada do dia 23 de março no bairro Aero Rancho.

Informações obtidas pelo Jornal Midiamax são de que Robert teria participação no assassinato de Leandro que foi morto .com um tiro no olho. O caso ainda está sob investigação da 5º Delegacia de Polícia Civil. Robert tinha cerca de 25 passagens pela polícia entre elas furto, roubo, dois homicídios e tráfico de drogas.

Segundo o major Rocha do Batalhão de Choque, Robert já vinha sendo investigado há tempos, já que seria o responsável por vários roubos e furtos na Capital e o modos operandi dele que era o chefe da quadrilha era de muita violência contra as vítimas. Ele sempre estava armado.

Os crimes cometidos por Robert começaram em 2017 quando ainda era menor de idade, sendo que no fim de 2020 os roubos e furtos se tornaram mais recorrente. Os comparsas de Robert ainda não foram localizados. Eles usavam tanto o Gol de cor prata, como também uma motocicleta para os assaltos.

O confronto

Os policiais receberam a informação de que bandidos que estavam em um veículo Volkswagen Gol, de cor cinza, haviam invadido uma casa no Caiobá por volta do meio-dia. Os militares tentaram fazer a abordagem, mas os criminosos atiraram contra os policiais fugindo em um Gol, de cor prata, sendo que depois abandonaram o carro próximo a uma área de pastagem.

Durante as buscas ainda na tarde de quarta (19), os militares foram informados de onde o bandido estaria escondido. Os policiais foram, então, até a residência indicada e lá ao entrarem Robert fez disparos e os militares revidaram acertando o criminoso, que ferido foi socorrido pelos policiais e levado para a Santa Casa, mas não resistiu e morreu.

Do local de confronto foi recolhida a arma usada por Robert, e mais seis cartuchos sendo três deflagrados e dois percutidos. Segundo informações, Robert tinha várias passagens como roubo, furto, tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo. Ainda segundo informações, o bandido seria responsável por uma tentativa de roubo de um Fiat Toro.

Assassinato Leandro

Leandro da Silva Cavalcanti, de 20 anos foi assassinado com pelo menos três tiros, sendo um deles no olho, em março deste ano, no bairro Aero Rancho. O crime aconteceu por volta das 2 horas da madrugada do dia 23, quando Leandro estava sentado em frente de sua casa com mais três amigas fumando narguilé. Neste momento passou o autor encarando todos e com medo as mulheres resolveram entrar.

Foi nesse momento em que o autor voltou e fez disparos contra Leandro o acertando no tórax, orelha e olho. Pelo menos cinco projéteis foram recolhidos no local.

Segundo o irmão da vítima, ela vinha recebendo ameaças pelo Facebook. As amigas de Leandro contaram que o autor fugiu em seguida com um comparsa que estava esperando na esquina em uma motocicleta. Ele era negro, magro e estava de blusa de cor azul.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »