MENU

15/07/2022 às 07h42min - Atualizada em 15/07/2022 às 07h42min

Coxim: Polícia conclui que idoso morto durante pescaria foi atingido por bala perdida

Custódio Canuti, 79 anos, morreu no domingo (10) enquanto pescava com o filho no Rio Taquari.

DA REDAÇÃO/CAMPO GRANDE NEWS
Foto: Divulgação
A Polícia Civil concluiu que Custódio Canutti, 79 anos, foi morto por uma bala perdida. O idoso estava em um barco no Rio Taquari, em Coxim, no último domingo, dia 10 de julho, quando foi atingido no peito.

Ao Campo Grande News, o delegado Felipe de Oliveira Paiva, disse que desde o momento do crime foram feitas diligências em busca do autor do disparo. Várias pessoas foram ouvidas no local do crime.

“Não tínhamos muitas informações sobre como de fato tinha acontecido o homicídio, mas no decorrer das investigações tivemos certeza de onde teria vindo o disparo, só precisávamos esclarecer que efetuou o disparo”, disse Felipe.

No entanto, na terça-feira (12), o autor do tiro, Raphael da Silva Santos se apresentou na delegacia junto com dois advogados e confessou ter feito o disparo com um revólver calibre 38, mas que não havia intenção de atingir a vítima.

“Ele disse que não tinha visão do local onde estava a vítima e fez o disparo em uma árvore, aparentemente o local é usado por pessoas para atirar. Ele apresentou a arma que será periciada. Ele não tinha autorização para portar arma de fogo, tão pouco a posse da arma que foi apreendida por estar irregular”, afirmou o delegado.

Raphael foi ouvido e liberado. Agora a polícia aguarda o laudo pericial para confrontar as informações e saber se houve homicídio doloso ou culposo. Novas testemunhas também serão ouvidas, mas o autor já vai responder por porte ilegal de arma de fogo. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »