MENU

27/06/2022 às 07h33min - Atualizada em 27/06/2022 às 07h33min

Resgatado de carro em chamas não resiste e morre a caminho do HR de Coxim

Fábio Binal era passageiro do Celta

EDIÇÃOMS
Foto: Divulgação
O homem resgatado do veículo em chamas, após acidente ocorrido em Coxim na noite deste domingo (26), morreu a caminho do Hospital Regional Álvaro Fontoura. Fábio Binal, de 41 anos, funcionário de uma loja de materiais de construção, não resistiu aos ferimentos.

Depois de ser retirado do carro pegando fogo ele foi assistido pelo SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). Quando os socorristas chegaram ao local do acidente, na BR-359, Binal estava em parada cardiorrespiratória. Eles tentaram, mas não conseguiram reverter o quadro.

Outras duas vítimas também foram socorridas pelo SAMU. Everton Feitosa de Oliveira, de 33 anos, mais conhecido como Neno, e Berlina Carneiro dos Santos, de 31 anos, também foram levados para o HR de Coxim. As informações iniciais são de que eles não correm risco de morte.

Os três citados estavam num GM Celta, que trafegava no sentido Coxim. Ao se aproximar de uma lombada, próximo ao Parque de Exposições, Neno reduziu a velocidade e teve o veículo atingido por um GM Ônix, que seguia no mesmo sentido.

A pancada foi tão grande que os dois veículos foram arremessados para um canteiro na lateral da rodovia, quando o Celta começou a pegar fogo. Foi necessária intervenção do Corpo de Bombeiros para conter o incêndio que deixou os dois veículos destruídos.

O motorista do Ônix seria Adão Armando dos Santos, de 57 anos, que não teria ficado no local do acidente. Até o fechamento desta reportagem, a informação era de que ele ainda não tinha sido localizado, tampouco se apresentado às autoridades policiais. Entretanto, as polícias Civil e Militar tentam encontrar o responsável pelo acidente.

 

Foto: Edição MS - Pc Souza.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »