MENU

21/06/2022 às 07h58min - Atualizada em 21/06/2022 às 07h58min

Coxim: PMA prende pedreiro transportando pescado abaixo da medida e acima da cota permitidas

O pescado e o veículo foram apreendidos.

DA REDAÇÃO/IDEST
Foto: Divulgação
Policiais Militares Ambientais de Coxim e de Campo Grande, que trabalham na operação Corpus Christi realizavam fiscalização em prevenção à pesca predatória na manhã do último sábado (18), às 07 horas e abordaram um veículo motocicleta Yamaha, na rodovia MS 142, que dá acesso ao local conhecido como “Cachoeira Quatro Pés”. O homem não possuía habilitação e em uma sacola na garupa, os Policiais encontraram dois exemplares de peixes da espécie pintado, medindo 74, e 75 centímetros e, portanto, ambos abaixo do tamanho mínimo permitido para a captura e abate que é de 85 centímetros para a espécie.

Segundo o condutor da motocicleta, o pescado, pesando 6 kg, teria sido comprado por ele em um pesqueiro. Além da captura abaixo do tamanho mínimo permitido, o pescado estava acima da cota permitida pela legislação, cota esta, que é de um exemplar e cinco exemplares de piranha por pescador. O pescado e o veículo foram apreendidos.

O infrator de 40 anos, um pedreiro, residente em Coxim, recebeu voz de prisão e foi conduzido à delegacia de Polícia Civil daquela cidade, juntamente com o material apreendido, onde ele está sendo autuado em flagrante, neste momento (11h30) por crime ambiental de transporte de produto da pesca predatória. A pena é de um a três anos de detenção e ele poderá sair depois de pagamento de fiança. O infrator também foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 820,00. O pescado será doado para instituições filantrópicas, depois de periciado.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »