MENU

10/05/2021 às 07h41min - Atualizada em 10/05/2021 às 07h41min

Homem reclama de short curto, é esfaqueado e morre em UPA de Campo Grande

Ele chegou a ser socorrido e levado duas vezes para atendimento médico

MIDIAMAX
Homem faleceu na UPA após levar duas facadas - Arquivo
 

Anilson Gomes das Neves, de 35 anos, morreu após ser esfaqueado por uma jovem de 21 anos durante festa realizada na madrugada deste domingo (09), na região do Buriti, em Campo Grande. Presa em flagrante, a suspeita disse que reagiu porque inicialmente foi agredida e ameaçada pelo homem, que reclamava do short curto que ela estava usando.

Conforme boletim de ocorrência, o irmão relatou à polícia que Anilson havia se envolvido em uma discussão na festa, oportunidade em que foi esfaqueado pela moça, sendo ferido no peito e perto do pescoço. Foi o próprio Anilson que telefonou para a mãe, pedindo ajuda, e ela o levou para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Jardim Leblon.

Por volta das 04h30 ele teria saído da unidade após suturas, alegando que havia recebido alta. No entanto, não portava nenhuma documentação médica sobre os procedimentos. Mesmo assim, pediu para que fosse levado novamente à festa e lá foi deixado. Porém, às 07h30 ele ligou outra vez para mãe, relatando que estava passando mal e queria voltar à UPA.

No entanto, não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo enquanto recebia novo atendimento. A Polícia Militar foi informada que, durante o primeiro atendimento, Anilson teria alegado que a pessoa responsável pelo ataque seria uma suposta namorada. Os policiais conseguiram localizá-la e viram que ela tinha corte no pé esquerdo, queimadura por escapamento de moto na perna e lesão na boca.

Ela afirmou que os ferimentos foram causados por um empurrão dado por Anilson. Detalhou ainda que costumava ir ao local da festa para consumir drogas com outras pessoas, que conheceu a vítima naquele momento e que não tinham relacionamento. A suspeita sustentou ainda que a discussão ocorreu porque Anilson estava alterado em razão do consumo de drogas e teria questionado sobre o short curto dela.

No bate-boca, ela supostamente foi agredida com socos e com o empurrão que a fez cair sobre a moto. Ela disse que ainda teria sido ameaçada e perseguida por Anilson, motivo pelo qual o agrediu com as facadas. A mulher foi encaminhada à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Cepol e autuada em flagrante por homicídio. A faca usada no crime foi apreendida.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »