MENU

16/05/2022 às 07h19min - Atualizada em 16/05/2022 às 07h19min

Professora de escola infantil de Campo Grande é acusada de abuso e agressões

Primeiro caso teria acontecido em 2020

DA REDAÇÃO/MSTODODIA
Foto: Divulgação
Uma professora da Escola Particular de Educação Infantil de bairro nobre em Campo Grande, está sendo acusada de abusar sexualmente de seus alunos desde o ano de 2020. O caso foi denunciado pela mãe de um menino de 4 anos a DEPCA (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente), na manhã de quarta-feira (11), em Campo Grande. Relatos dão conta de que o abuso acontecia dentro do banheiro.

De acordo com o boletim de ocorrência, o menino contou a mãe que a professora estaria ‘pegando no seu Piu-Piu e no seu bumbum’ quando ainda era aluno dela. Para a polícia, a mulher contou que desde 2020 vinha tendo problemas com a professora.

Conforme ela, o menino ficava receoso, sem querer ir para a escola. Durante conversa com o setor psicossocial, ele não contou nada sobre os abusos, mas quando perguntado sobre a professora, passou a ficar retraído e não falou mais nada.

A mãe disse ter gravado conversas com o filho e se comprometeu a entregar o material a polícia.

Em um segundo boletim de ocorrência, a mãe de outra aluna, de 3 anos, foi informada pela filha que a professora teria batido nela e em uma amiguinha. A criança contou que um colega de turma teria visto a agressão.

A menina também passou pelo atendimento do setor psicossocial, contando o que já havia relatado para a mãe. Porém, assim como a primeira criança, ao ser perguntada sobre a professora ela se retraiu e não falou mais sobre o assunto.

O que diz a polícia

A delegada Fernanda Félix, que esta cuidando do caso, informou que a DEPCA já teve acesso as imagens de câmera de segurança do local e que tudo será periciado. “É um caso muito sensível”, disse.

O que diz a escola 

A professora foi afastada da escola e prestou esclarecimentos aos pais em nota. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »