MENU

10/05/2022 às 07h22min - Atualizada em 10/05/2022 às 07h22min

Acusado de agredir e deixar hematomas em enteado de apenas 4 anos é preso em MS

Caso só foi descoberto dois anos depois

DA REDAÇÃO/MIDIAMAX
IMAGEM ILUSTRATIVA
Foi preso no fim de semana um morador em Bonito, a 300 quilômetros de Campo Grande, acusado de maus-tratos contra o próprio enteado, que na época dos crimes tinha 4 anos. O caso chegou à polícia só agora, dois anos depois, e o homem acabou detido.

Conforme informações repassadas ao Jornal Midiamax, em 2020 a vizinha registrou fotos e áudios da criança chorando, mas não chegou a acionar a polícia. No entanto, as imagens acabaram chegando até a Polícia Civil neste ano. O delegado Pedro Guimarães, titular da Delegacia de Bonito, relatou que fez o pedido de prisão, que foi acatado pelo Judiciário e cumprido.

Conforme o delegado o caso segue em investigação e, por se tratar de criança, está em sigilo. A autoridade policial ainda destacou que é apurado o que realmente acontecia na época dos fatos. Também foi representado pelo depoimento especial da criança, feito com acompanhamento de psicólogo.

A princípio, a denúncia relata que o padrasto agredia o menino e que, em ao menos uma das ocasiões, teria deixado vários hematomas na criança. O homem ainda estaria convivendo com a mãe da criança, mas agora está preso preventivamente e é apurado se as agressões continuaram neste período entre as fotos feitas pela testemunha até o caso chegar à polícia.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »