MENU

30/11/2021 às 09h20min - Atualizada em 30/11/2021 às 09h20min

Antonio Vaz destina emenda a projeto que atende mulheres vítimas de violência

Projeto “Sala Lilás” promove ambiente de segurança e acolhimento a vítimas de violência

Da Redação
Foto: Divulgação

Em um país onde o número de mulheres e meninas vítimas de violência doméstica e sexual ainda é um dos maiores do mundo, a atuação de políticas públicas afim de atender as vítimas, avançam no estado sul-mato-grossense através da criação de novas delegacias direcionadas ao público feminino, e na implantação de projetos como a “Sala Lilás”, da delegacia de Polícia Civil. O objetivo deste projeto é fornecer atendimento humanizado às mulheres vítimas de violência doméstica, além de crianças e adolescentes vítimas de abuso sexual.

A cidade de Água Clara (MS), localizada no centro-leste do estado, agora conta com um ambiente de acolhimento com a presença de profissionais especializados e cria um espaço seguro para que as vítimas possam denunciar seus agressores e receber ajuda profissional. A inauguração da “Sala Lilás” no município nesta segunda-feira (29), contou com a presença de diversas autoridades da região, incluindo a policial Angélica Fontanari, gerente do projeto, e o deputado estadual Antonio Vaz, que destinou R$40.000 de emenda parlamentar para a implantação do projeto em Água Clara (MS).

“Com a nova dinâmica de isolamento social, home office e lockdown que o país vivenciou nos últimos meses atrelado a uma rotina de esgotamento mental por conta da pandemia que assolou o mundo, muitas mulheres tiveram que conviver quase que 24 horas por dia com seus agressores, o que infelizmente aumentou consideravelmente os casos de violência doméstica em diversos estados.

Além disso, os números ainda revelam que muitas são as crianças e adolescentes que passam por situações de abuso sexual todos os dias. Isso é um cenário que não podemos mais aceitar! A criação de centros de acolhimento a essas vítimas é um dos passos importantes que estamos dando rumo ao enfrentamento desses casos”, comentou o deputado estadual Antonio Vaz, que tem proposto diversos Projetos de Lei na Assembleia do estado, na luta pelo bem-estar e pela segurança dos mais jovens e das mulheres.

Fonte: ASCOM/Ana Flávia

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »