MENU

18/11/2021 às 15h28min - Atualizada em 18/11/2021 às 15h28min

Alcinópolis inaugura “Monumento à Bovinocultura”

O Monumento é obra do Artista Plástico sul-mato-grossense Humberto Espíndola e tem por objetivo homenagear a pecuária do município, sendo ela a principal atividade econômica de Alcinópolis.

VIROU NOTICIA MS - ALDO OLIVEIRA
Foto: Divulgação
Ontem (12) foi inaugurado um Monumento em Homenagem a Bovinocultura de Alcinópolis. O ato que aconteceu na rotatória que dá acesso a cidade de Coxim, contou com a presença de dezenas de pessoas, entre elas vereadores, secretário, demais autoridades e a população em geral. A obra é assinada pelo sul-mato-grossense e artista plástico Humberto Espíndola, o criador e difusor do tema bovinocultura. 
 
 
 
 


Sendo a pecuária, a principal atividade econômica do município, foi consenso da maioria fazer uma justa homenagem a um animal que é o centro desse desenvolvimento e, também de outra forma, homenagear os desbravadores deste rincão quando sediaram-se em fazendas na região onde hoje é o município de Alcinópolis. 
Por essa razão ano passado, técnicos da Secretária Municipal de Desenvolvimento cadastraram proposta de um projeto intitulado “Monumento a Bovinocultura em Alcinópolis” através de edital do Fundo de Investimentos Culturais- FIC/MS, sendo o mesmo aprovado com repasse previsto no valor de R$ 228.768,36. O monumento tem assinatura de Humberto Espíndola, um dos artistas plásticos mais premiados de Mato Grosso do Sul. 

Uma vez que o boi foi tema central do monumento, a obra só poderia ter um nome para a sua criação, a do artista plástico Humberto Espíndola.
 
 
 
 

Durante sua fala, o Prefeito Dalmy agradeceu todos os envolvidos, gestores anteriores e também a deputada Mara Caseiro, enaltecendo e justificando a importância da temática para a história do município. 
“[Podemos dizer que] o que alavancou, o que fez esse município ser pujante e de oportunidade foi a pecuária. Temos orgulho de dizer que temos uma pecuária de qualidade e produzimos um das melhores carnes de mato grosso do sul. Sim, a pecuária representa a economia do município, representa a história do passado, e nada mais justo ou mais digno a homenagem a essa importante atividade econômica que aqui é exercida”

Humberto começou a pintar em 1964. Cria e desenvolve o tema da Bovinocultura desde 1967, conquistando uma posição histórica no capítulo da descentralização da arte brasileira.

Confira algumas EXPOSIÇÕES INTERNACIONAIS realizadas pelo artista Humberto Espíndola:
- 10ª Bienal Internacional de São Paulo, 1969; 
- 11ª  Bienal Internacional de São Paulo,  1971; 
- 36ª Bienal de Veneza, Itália, 1972;
 - 3ª Bienal de Arte Coltejer, Medellin, Colômbia, 1972; 
- 1ª Bienal Latino-americana de São Paulo 1978; 
- 1ª Bienal Ibero-americana de Pintura do México, 1978;
- 5ª Exposição de Belas Artes Brasil-Japão, Kioto, Nekai, Tóquio, São Paulo, Rio de Janeiro,  
  Brasília, 1981; 
- 1ª Bienal de Havana, Cuba, 1984; 
- 2ª Bienal Internacional de Cuenca, Equador, 1989; 
- Pintura Contemporânea de Brasil, Casa Rômulo Gallegos, Caracas, Venezuela, 1990; 
- Viva Brasil, Museu de Arte Contemporânea da Universidade do Chile, Santiago, 1996; 
- Seis Artistas Brasileiros: Dimensões do Ser e do Tempo, Museu de Arte de Cochabamba,    
   Museu de Arte de La Paz, Bolívia, Kingsman Foundation, Quito, Museu de Arte    
  Contemporânea - MAC da Universidade de São Paulo, 1997; 
- 4º Festival América do Sul, Corumbá/MS, 2007; 
- Simpósio de Tradição Oral, Brazilian Endowment for the Arts, Nova Iorque, 2013; 
- From Mato Grosso and Havana via NYC, Gallery 35  e Terra, Gallery 69, Nova Iorque, 2014;
- Divisão de Mato Grosso quadro a quadro (Acervo do Marco/MS - Museu de Arte 
  Contemporânea), 12º Festival América do Sul - Pantanal, Corumbá/MS, 2015.
 
 
 
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »